top of page
Buscar

a sorte em istambul

o que pode uma borra de café Entro numa loja de tapetes “kilim” no Grande Bazar de Istambul. O dono da loja me oferece um café turco e uma conversa maravilhosa sobre arte e sobre o que verdadeiramente importa na vida. Tomo o café. Não sei o que fazer com a borra. Ele agita a xícara, emborca sobre o pires. É preciso que esfrie. Coloco meu anel em cima, para acelerar o processo. Ele lê a sorte: um amigo meu que está preso, será solto: fico feliz, só pode ser Lula! . I walk into

bottom of page